O tour virtual para imobiliárias funciona? Entenda

Imobiliário

Geovana

5 min. de leitura

Em meio às dificuldades impostas pela pandemia do novo coronavírus, o mercado de trabalho teve que se adaptar a novos modelos, como o home office. Isso não foi diferente para o mercado imobiliário que, com o objetivo de se manter ativo, passou a proporcionar o chamado “tour virtual para imobiliárias”. Mesmo no atual momento do mundo, essa tendência está ganhando cada vez mais espaço e deve continuar.

Dados divulgados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) apontam que foi justamente no fatídico ano de 2020 que o setor imobiliário se destacou, com crescimento de 26%.

No ano anterior, o mercado já estava em expansão, no entanto, com o isolamento social, a população brasileira começou a dar ainda mais valor para o lugar em que vive. Esse foi um dos fatores que contribuíram para impactar positivamente o segmento. Com essa mudança de hábito, a tecnologia se tornou uma ferramenta que auxilia não somente os profissionais da área, mas também os clientes. 

O que é um tour virtual

De acordo com levantamento feito pela  Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc), em 2020, 119.911 imóveis foram comercializados no país. E esse crescimento também se deu graças à ajuda de plataformas tecnológicas.

Por meio de aplicativos e instrumentos disponibilizados on-line, as corretoras de imóveis passaram a apresentar imagens e vídeos em 360° das residências de seu portfólio. Além disso, uma espécie de “passeio” em 3D, que oferece para o consumidor a sensação de estar andando pela propriedade, também se tornou usual.

Com essas opções, os clientes podem observar todos os ângulos do local pelo qual se interessaram. A partir do tour virtual, todos os cômodos podem ser visitados, o que facilita na hora de o comprador/locatário fazer sua escolha.

Vantagens do tour virtual

Conhecer o ambiente pessoalmente tem seus benefícios, todavia, o tour virtual também conta com pontos positivos. A disponibilidade de horário é um desses exemplos, já que com essa flexibilidade a empresa consegue encaixar mais clientes.

Além disso, negócios do ramo imobiliário, que optam pela inclusão de visitas virtuais, também se destacam no mercado ao demonstrarem seu diferencial, o que comprova que a corporação acompanha as tendências e está atualizada. Optar pelo auxílio da tecnologia também pode fazer com que o site da imobiliária cresça nas buscas e pesquisas, já que essa ferramenta contribui para a maior visibilidade no meio on-line.

Como fazer um tour virtual

Caso a empresa ainda não tenha adotado esse modelo, mas tenha interesse, algumas dicas, para a melhorar esse procedimento, podem contribuir: vale considerar a preparação de cada cômodo antes da visita virtual.  Conferir o material de gravação anteriormente também é importante, além de testar qual programa e software se encaixam melhor para cada empresa.

Destaca-se inclusive a relevância de divulgar esse conteúdo nas plataformas, em busca de clientes interessados. Assim, no caso do comprador/locatário, basta procurar na internet qual serviço lhe agrada mais.

Assinatura Digital

A tecnologia no mercado imobiliário veio para ficar. Ao proporcionarem experiências interativas sem que o cliente precise se locomover, os tours virtuais ainda se mantêm no mercado.

Seguindo essa tendência tecnológica, o Assine.Online oferece serviços para facilitar a gestão e assinatura de documentos digitais. Os corretores de imóveis podem usar a Assinatura Digital para agilizar os processos burocráticos: essa ferramenta inovadora facilita na hora de fechar os acordos e negócios com o cliente. 

Posts relacionados

5 min. de leitura

Como a assinatura eletrônica torna o contrato de aluguel comercial simples?
Continue lendo

8 min. de leitura

Assinatura digital no contrato de aluguel simples: veja como funciona
Continue lendo

8 min. de leitura

A assinatura eletrônica tem validade jurídica no setor imobiliário?
Continue lendo

Comente

Skip to content