Como a assinatura eletrônica torna o contrato de aluguel comercial simples?

Imobiliário

Geovana

5 min. de leitura

Na hora de abrir uma empresa é importante pensar em diversos requisitos para que seu empreendimento tenha sucesso. O local onde o estabelecimento funcionará é um dos pontos principais. Pensando nisso, o aluguel comercial é uma das opções para o empreendedor que não deseja comprar um imóvel, ou ainda não tem condições financeiras para tal. 

No entanto, como em todos os setores, o aluguel pode envolver processos burocráticos, por exemplo, o contrato de locação. Contudo, no cenário atual com o avanço da tecnologia, a ferramenta digital de assinatura eletrônica, pode colaborar para otimizar esse procedimento.

Tem dúvidas sobre como a assinatura eletrônica torna o contrato de aluguel comercial mais simples? Continue lendo este texto.

O que é locação comercial?

De acordo com a lei 8.245/91, também chamada de Lei do Inquilinato, é considerado aluguel comercial a exploração de alguma atividade econômica, que pode englobar indústria, comércio, escritório etc.

Em suma, a locação comercial – como o próprio nome já diz – engloba o aluguel de um imóvel, que não será usado para fins residenciais.

De acordo com informações publicadas pelo índice FipeZap de Venda e Locação Comercial, no primeiro semestre de 2021, o preço médio do aluguel comercial teve aumento de 0,91%.

No entanto, mesmo com esse crescimento, a cotação média ficou abaixo da inflação, finalizando o ano com avanço de 10,06%. A partir desses dados, fica claro que a locação comercial continua sendo buscada constantemente.

Contrato de aluguel

Assim como acontece quando falamos de casas, para alugar um imóvel com fins comerciais, é necessário que um contrato seja formado. Esse documento tem como objetivo a preservação de direitos para ambas as partes. Para combinar pagamentos, reajuste do valor e a entrega do local nas condições corretas.

Além disso, é preciso que o documento conte com qualificação das partes, prazo de locação, rescisão, garantias locatícias e afins. Após essas etapas, o contrato de locação deve ser analisado com cautela para que as assinaturas sejam colhidas. 

Assinatura eletrônica de documentos

Pensando nessas burocracias, o avanço da tecnologia trouxe um facilitador para esse processo: a assinatura eletrônica de documentos. A partir dessa ferramenta é possível realizar trâmites de maneira remota, favorecendo-se do uso da internet.

No caso dos contratos para aluguel comercial, o procedimento começa por intermédio de um link para acesso da plataforma, normalmente enviado pela imobiliária através de um e-mail para os envolvidos.

Com as assinaturas colhidas digitalmente, o documento é armazenado na nuvem de maneira automática e segura. Vale ressaltar que ainda há a opção de baixar o contrato e salvar uma cópia.

No cenário competitivo do mercado imobiliário, a assinatura digital ajuda a otimizar o tempo, já que um procedimento que poderia levar semanas é finalizado no mesmo dia. 

Além disso, essa ferramenta também poupa o deslocamento de ambas as partes até o cartório. Por esses motivos, a assinatura digital ajuda a tornar o contrato de aluguel comercial um processo mais simples.

Mundialmente, essa ferramenta está ganhando cada vez mais espaço, como apontou a maior rede de agências imobiliárias em número de transações do mundo, RE/MAX. De acordo com esses dados, nos Estados Unidos, 80% dos contratos desse setor já são assinados digitalmente.

Certificação digital e Assinatura Eletrônica

Além dos benefícios citados acima, vale ressaltar que com a assinatura eletrônica de documentos, os procedimentos são realizados de forma mais segura, já que são criptografados. Consequentemente, a credibilidade da empresa que oferece esse tipo de amparo para o cliente, também aumenta.

Pensando justamente nessa otimização, plataformas de Certificação Digital, como o Assine.Online, disponibilizam esses serviços, que também incluem o mercado imobiliário.

Além de ser uma plataforma de assinaturas, o Assine.Online é também é uma autoridade certificadora, o que garante a validade jurídica dos contratos do início ao fim dos processos burocráticos. Saiba mais.

Posts relacionados

5 min. de leitura

O tour virtual para imobiliárias funciona? Entenda
Continue lendo

8 min. de leitura

Assinatura digital no contrato de aluguel simples: veja como funciona
Continue lendo

8 min. de leitura

A assinatura eletrônica tem validade jurídica no setor imobiliário?
Continue lendo

Comente

Skip to content