Assinatura eletrônica: 5 razões para utilizar na área de vendas

Departamentos

Lorrayne

7 min. de leitura

A transformação digital tem feito com que o setor de vendas se reinvente a cada dia. Com as novas tecnologias, como a assinatura eletrônica, firmar contratos ficou muito mais simples e prático.

Por isso, é de extrema importância que os departamentos de vendas das companhias fiquem atentos a esse recurso. Afinal, a implementação pode fazer toda a diferença no desenvolvimento do negócio.

A Assinatura Eletrônica, vale lembrar, é a maneira mais simples de tornar-se um documento autêntico, sem se sujeitar à vulnerabilidade do papel.

Veja 5 razões para usar a assinatura eletrônica na área de vendas

Quer entender quais são as razões que a sua empresa tem para usar a Assinatura Eletrônica na área de vendas? Então, basta continuar a leitura! Elencamos os principais motivos que justificam a utilização desse serviço. Confira!

1. Aumento da produtividade do setor

Ao adotar o uso da Assinatura Eletrônica na área de vendas, o departamento comercial aumenta a produtividade. Isso se justifica porque os clientes e vendedores podem firmar contratos sem que seja necessário um encontro presencial ou registro em cartório.

Além disso, caso a empresa trabalhe com vendedores externos, os contratos podem ser firmados já no ato da visita, usando um tablet ou notebook. Dessa forma, não é necessário que o profissional faça outra visitação ao cliente apenas para coletar a sua assinatura.

2. Redução de custos

A adoção da Assinatura Eletrônica no setor de vendas também representa uma grande redução de custos para as empresas.

Vamos voltar para o exemplo anterior, do vendedor externo. Se esse profissional precisasse voltar a todos os clientes que demonstraram interesse em comprar os produtos que ele vende, apenas para coletar assinaturas, pense em quanto tempo seria desperdiçado.

Durante esse período, o vendedor pode fazer outras visitas e conquistar novos clientes. Além disso, os gastos com combustível reduzem de forma significativa, tendo em vista que o deslocamento se torna desnecessário.

Mas, não é apenas nesse sentido que os custos são reduzidos. Afinal, como todos os documentos serão digitalizados, não é mais necessário gastar com papel e tinta de impressora.

calculadora de custos com papel

Outro gasto eliminado é a autenticação dos documentos em cartório. Isso porque a Assinatura Eletrônica, por si só, tem validade jurídica, dispensando esse tipo de registro.

3. Promoção do marketing verde

O marketing verde é uma estratégia de marketing focada em ações que beneficiam o meio ambiente. Dessa forma, a empresa divulga as suas políticas de preservação à natureza, por exemplo, e melhora a sua imagem perante o público.

Cada maço de papel que se deixa de utilizar, várias árvores são poupadas, o que contribui para a preservação do meio ambiente.

Isso pode ser usado como argumento em campanhas de marketing verde, fazendo com que a sua organização seja vista e, seja de fato, uma empresa sustentável.

4. Redução da burocracia no departamento de vendas

Muitas empresas pecam por serem extremamente burocráticas ao realizar os processos de vendas. A consequência, na maioria dos casos, é o afastamento dos clientes.

O especialista em comportamento digital Brian Solis, como mostra uma matéria do portal Consumidor Moderno, comenta que o novo perfil de consumidor, que ele chama de geração N, é muito impaciente.

De acordo com Solis, as decisões da geração N de consumidores, que é formada pelos jovens ultraconectados e pelos clientes mais conservadores que precisaram migrar para as compras digitais durante a pandemia da Covid-19, visam à facilidade.

As pessoas querem comprar pela internet e receber os produtos que desejam em poucos dias, sem burocracia. Com a Assinatura Eletrônica, os contratos são firmados muito mais rapidamente, reduzindo as negociações morosas.

Logo, a sua empresa poderá ter muito mais resultados positivos e aumentar as vendas, tendo em vista o que o consumidor atual deseja.

No processo manual e com papel, algumas empresas seguem o seguinte processo: dependendo do tipo de venda, é necessário mandar uma minuta do contrato por e-mail, aguardar as alterações, levar as vias originais até um tabelião e só depois iniciar a vigência do compromisso. Em plena era da tecnologia, isso é inadmissível, concorda?

5. Garantia da segurança da informação

Sancionada em 2018, a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigor no ano de 2020. Desde então, as empresas devem ter muito cuidado ao armazenar e tratar dados de clientes.

Os serviços de Assinatura Eletrônica são criptografados, ou seja, contam com uma camada de segurança na programação dos sistemas. Dessa forma, se evita que dados de terceiros sejam vazados e a empresa seja multada por não cumprir a LGPD, por exemplo.

Também é interessante destacar que a Assinatura Eletrônica é confiável e passa mais segurança para os clientes, pois possui validade jurídica. Com as determinações da MP nº 2.200-2/2001, Art. 10, § 2o e da Lei 14.063/2020, o consumidor não terá motivos para ficar desconfiado, a assinatura eletrônica é regulamentada e legal.

Viu como a assinatura eletrônica faz toda a diferença para o setor de vendas das empresas? Por isso, considere a contratação desse serviço e consiga resultados muito mais positivos para o seu negócio.

Quer mais dicas para melhorar o departamento comercial da sua empresa? Então, leia agora o nosso artigo que explica o que é playbook de vendas e como ele pode otimizar a sua equipe.

Posts relacionados

7 min. de leitura

4 vantagens da assinatura online para o setor de compras
Continue lendo

8 min. de leitura

Contrato digital: como ele pode otimizar as vendas?
Continue lendo

6 min. de leitura

5 táticas para aumentar a produtividade em vendas em tempos de crise
Continue lendo

Comente

Skip to content